Ascensão

O sentido da Ascensão

A festa da Ascensão sempre acontece 40 dias depois de Páscoa. A época de Páscoa desemboca na festa de Ascensão do Cristo. A humanidade da época em que Jesus Cristo viveu na terra precisava de uma salvação.

 

Desde da queda do Paraíso, os homens tinham se afastado cada vez mais das forças celestiais. O abismo entre eles e Deus era irreconciliável. A continuação da vida na terra se tornou quase impossível. Com o mistério do Gólgota e a Ressurreição, Cristo triunfou da morte e assim rejuvenesceu a terra e o homem. Isso aconteceu para todas as pessoas igualmente, quer acreditem em Cristo ou não, isso não importa.

 

40 dias depois da Páscoa, Cristo, seus discípulos e outras pessoas estavam juntos numa montanha. Cristo os abençoava e à terra, quando os discípulos puderam observar um enorme crescimento contínuo do Cristo, e até mesmo eles que tinham as almas bem preparadas, não podiam acompanhar mais esse crescimento e uma nuvem o tirou da vista deles (Lucas 24,50-53) (Historia dos Apóstolos 1,1-12).

Desde aquele momento ele preenche aquele espaço entre a terra e os céus. Ele é a “ponte” entre os homens e o mundo celestial, cobrindo o abismo que existe entre Deus e os homens, desde a queda do Paraíso. Essa “ponte” pode ser encontrada e caminhada por aqueles que querem procurar e seguir o Cristo.

 

Desde a Ascensão, isso é possível para os homens. Cristo é a ponte que leva ao Deus-Pai. Mas esse esforço de procurar o Cristo no mundo tem que ser feito por cada um individualmente. Cristo está conosco até o fim dos tempos (Math. 28,20), Quem quer pode encontrá-lo, levar uma vida em Cristo e receber o Espírito Santo (Pentecostes). Para isso os discípulos prepararam as suas almas nesses 10 dias de Ascensão.

 

Como podemos ver nitidamente no hemisfério norte, no inverno a alma da terra se recolhe. Com a chegada da primavera, tudo brota novamente e é como se a terra elevasse sua alma aos céus, esperando sua benção através dos elementos (chuva, sol). Isso acontece a cada ano, caso contrario não teríamos as frutas e sementes no outono. Mas também aqui no Brasil dá para ver árvores com flores lindas se abrindo para o céu nessa época. Assim a terra eleva a sua alma para receber a benção e nós elevamos a nossa alma para o céu através das orações. Podemos ainda preparar a nossa alma e receber a benção de viver em Cristo, que nos levará até o Pai (Joãol4, 6).

 

Texto retirado de http://www.festascristas.com.br/ascensao/ascensao-textos-diversos/528-ascensao-do-cristo

Pentecostes

Pentecostes
Pentecostes

A Festa do Futuro

 

Pentecostes vem do grego e significa o qüinquagésimo dia. Esta festa acontece sempre 50 dias após o domingo de Páscoa e 10 dias após a Ascensão de Cristo. Neste ano de 2017 será no domingo dia 04 de junho.

 

Os apóstolos e discípulos receberam os ensinamentos do Cristo através de uma consciência imaginativa, como em estado de sonho. Todos os conhecimentos ocultos do mundo espiritual que já estavam ancorados em suas almas ainda não emergiam na consciência de vigília.

 

Os apóstolos vivenciavam o Cristo como portados da plenitude das forças macro-cósmicas no âmbito da esfera terrena, mas essas forças ainda não estavam presentes na consciência do Eu. Eles olhavam os acontecimentos como algo externo a eles. Tinham o conhecimento da nova relação entre o macro e o microcosmo e reconheciam a força Divina solar trazida à esfera terrena através do Cristo, mas ainda não a vivenciavam dentro de si mesmos. Também o Cristo até a Ressurreição e a Ascensão atuava na esfera terrena e não ainda nos indivíduos. Através do Mistério de Gólgota o Cristo permeou a Terra com forças cósmicas mas ainda não permeara a consciência do eu individual.

 

Pentecostes é a festa do verter do Espírito Santo nos Apóstolos e a fecundação do Amor Cósmico ao “eu humano” através da consciência individual. Neste evento o Cristo uniu-se definitivamente à humanidade e permeou-se dentro de cada individualidade, trazendo para dentro de cada um o que pairava nas esferas espirituais. O Ser Crístico permeou totalmente a esfera terrena, trazendo o Céu à Terra e desde então Ele está unido à alma humana da Terra.

 

Nos antigos Mistérios, a possibilidade de união do micro ao macrocosmo só era possível ao homem através de um estado de sono profundo sem a presença consciente do eu. Pentecostes traz uma nova relação do terreno com o divino de maneira interiorizada individualmente e na presença da consciência do eu.

 

A partir da experiência espiritual de Pentecostes, os discípulos puderam anunciar aos homens a presença do Cristo e despertar neles experiências semelhantes. Por isso esta festa é da comunidade dos cristãos, do homem tocado interiormente pelo Ser do cristo.

 

As forças de Pentecostes atuam na alma de cada indivíduo, permite a cada um de nós reconhecer a singularidade de cada ser humano e a compreensão que é através da diversidade de cada um que encontra-se a qualidade do Amor Cósmico que une toda a Humanidade. Em Pentecostes o que importa é aquilo que é criado em conjunto, que se procure e que se ache o que é unificador.

 

Cultivemos as Forças Crísticas em nossas almas para solidificarmos uma comunidade na qual todos os homens independente de família, nação, religião vivam na plenitude do amor fraternal com uma nova consciência cósmica.

 


(Texto de Gabriele Kuehn e Vera Orgolini extraído da Revista Nós, Época de São João 2004, da Escola Waldorf Rudolf Steiner, SP)

Busca no site:

digite o que procura

Loading

Arte, mimos e encantos!!

"Não roube a infância de seu filho, deixe-o descobrir o mundo pelos seus olhos curiosos. Tudo tem seu tempo e o maior tesouro que temos é o aprendizado que fazemos nestas próprias descobertas." RC 

 

Notícias:

Agora temos loja física!!

Dá uma olhadinha na página "Como adquirir os produtos Amarilis" e descubra tudo o que há por lá.

Vale a pena conferir!

LOJA FÍSICA

Tabela de preços:

Tabela de Preços
Tabela de preços_fev2018.pdf
Adobe Acrobat Document 547.1 KB